Dicas de Viagem

Dicas para quem vai a Cancun

Com atrações naturais e históricas, Cancún é um dos mais divertidos destinos do Caribe. Cancún é um dos principais destinos turísticos do México e não é difícil entender por quê. Localizado na Península de Yucatán, na costa sudeste do país, e banhado pelo mar do Caribe, o balneário está cercado por algumas das mais belas praias do mundo. A visão remete, sem dúvida, a uma obra de arte tropical: a água exibe infinitas gradações azuis e quebra em areias de textura fofa e cor branca, de onde brotam palmeiras que dançam ao sabor do vento. Tal clima de ilha deserta, porém, é parte de um contexto bem mais amplo: Cancún é um resort turístico por excelência e, sobre sua paradisíaca orla, surgem hotéis de arquitetura imponente e piscinas que parecem fundir-se com as águas marinhas. As opções de entretenimento oferecidas aos visitantes são tão inventivas quando variadas: a cidade está rodeada por outros grandes destinos mexicanos, como a ilha de Cozumel e a Isla Mujeres, e, dentro dessa região, é possível mergulhar com golfinhos, nadar dentro de cavernas, conhecer ruínas maias e se divertir em suntuosos campos de golfe.

E quando o sol de põe sobre a lagoa Nichupté, que permeia Cancún, o lugar ganha outra dimensão: as inúmeras discotecas e bares locais dão o play na música, abrem as garrafas de tequila e a diversão só acabará no final da madrugada.

A alta temporada do turismo em Cancún vigora entre o final de dezembro e meados de abril. O restante do ano é considerado baixa temporada e os preços dos hotéis no balneário diminuem um pouco. Mas há que se levar em consideração um fator importante: a região é geralmente atingida por furacões entre o começo de junho e o começo de novembro.

Cancún sofreu muitos prejuízos no primeiro semestre de 2009, com a pandemia causada pelo vírus A H1N1 (que teve seu epicentro no México). Mas a situação vem melhorando aos poucos: a taxa de ocupação hoteleira da cidade, que foi de apenas 20% em maio de 2009, já havia subido para 44% no mês de setembro (o normal, porém, seria uma ocupação de pelo menos 70%). Enquanto o pânico provocado pela gripe suína se dissipa, o balneário volta a mostrar ao mundo o que tem de melhor: muitas atrações históricas, naturais e noturnas, perfeitas tanto para um passeio familiar como para uma excursão regada a boemia.

Informações e Serviços

Site do México - www.visitmexico.com

Site de Cancún - www.cancun.travel

Idioma - Espanhol (fala-se inglês nas áreas turísticas do balneário)

Fuso horário - Entre três e quatro horas a menos que Brasília, dependendo do horário de verão.

Código telefônico do México - 52

Código de acesso de Cancún - 998

Telefone para Emergências em Cancún - 066

Telefone da Polícia Turística - 52 (998) 885-2277

Moeda - Peso Mexicano. Dólares norte-americanos são aceitos por boa parte do comércio local, mas o troco é devolvido em moeda mexicana.

Horário do Comércio - Na Zona Hotelera, onde se encontra a grande oferta de hospedagem em Cancún, a maior parte dos centros comerciais funciona entre as 10h e às 22h. Já os bancos operam das 9h às 16h (há uma agência do HSBC na Zona Hotelera que fica aberta até às 19h). E os correios uncionam das 9h às 15h.

Correios - A principal agência do centro de Cancún está localizada na Avenida Xel-Ha, 2 - SM 28, tel. 52 (998) 884-1418.

Embaixada brasileira no México - Lope de Armendariz, 130 - Lomas Virreyes - México, D.F., tel. 52 (55) 5201-4531. www.brasil.org.mx

Gorjeta - Costuma-se deixar 15% do preço da refeição como gorjeta aos garçons (às vezes o valor já vem incluído na conta).

Eletricidade - Corrente de 110V.

Câmbio

A maioria dos hotéis de Cancún troca dinheiro, mas o visitante irá encontrar melhores cotações em bancos e casas de câmbio. Na Zona Hotelera, pode-se trocar dinheiro nos seguintes bancos (é necessário apresentar o passaporte para se realizar a transação):

Banamex: Plaza Terramar & Royal Mayan - km 17, tel. 52 (998) 883-3100. Aberto das 9h às 16h.

BBVA-Bancomer: Boulevard Kukulcan - km 9, tel. 52 (998) 883-1128. Aberto das 9h às 16h.

HSBC: Plaza Caracol, tel. 52 (998) 883-4652. Aberto das 8h às 19h.

Circulando em Cancun

Locomover-se em Cancún é fácil: tanto na Zona Hotelera, onde estão concentrados os principais hotéis, restaurantes e centros comerciais do balneário, como na região central da cidade, há grande oferta de táxis e de transporte público.

A Zona Hotelera é um estreito pedaço de terra que se estende por mais de 20 km entre o Mar do Caribe e a Lagoa Nichupté. A avenida que cruza esse espaço é chamada Boulevard Kukulcan e é a sua quilometragem que define o endereço dos estabelecimentos que existem na área.

O centro da cidade, por sua vez, onde há opções de compras, diversão e hospedagem mais baratas, não é tão organizado, mas, por tratar-se de uma área compacta, fica fácil locomover-se por lá.

À curta distância de Cancún existe uma série de praias, reservas ecológicas e ruínas maias que podem ser visitadas em viagens de um dia. Para chegar a esses lugares, o visitante tem a opção de tomar os ônibus públicos - que saem do terminal rodoviário no centro da cidade e cobrem boa parte da região - ou os táxis (o preço de corridas de longa distância pode ser negociado com os taxistas). Há também o serviço das embarcações que vão até as ilhas de Holbox, Cozumel e Isla Mujeres.

Ônibus Urbanos

O sistema de ônibus em Cancún é eficiente e leva os visitantes com tranquilidade aos principais pontos do balneário. Uma passagem custa em torno de 6,5 pesos - menos de um real. As principais linhas para se locomover dentro na cidade são a R1, R2, R15 e R27.

As linhas R2 e R15 vão da Zona Hotelera para a região central de Cancún, onde estão os centros comerciais mais baratos (o Mercado 28, famoso por seus artesanatos, é um deles), além do terminal rodoviário da cidade.

Já a linha R1 transporta passageiros até Puerto Juarez, de onde saem embarcações com destino a Isla Mujeres.

Pela Zona Hotelera, onde os ônibus operam durante 24 horas, também circula o OneBus (de cor branca), único ônibus com ar-condicionado do balneário. É mais caro (custa cerca de 11 pesos), mas vale a pena se o sol do Caribe estiver impiedoso.

Táxi

A oferta de táxis em Cancún é farta e uma corrida dentro do balneário sai por, no mínimo, 90 pesos (algo em torno de 15 reais). Entre a Zona Hotelera e o aeroporto, o serviço custará aproximadamente 500 pesos - mas apenas alguns táxis têm autorização para servir o aeroporto.

Há muitos taxistas que fecham pacotes diários com os visitantes e os levam a uma série de lugares turísticos ao redor de Cancún, como a ruínas maias de Tulum. Um passeio até o sítio arqueológico de Chichén Itzá (a 178 km de Cancún), por exemplo, pode custar entre 1,5 mil e 2 mil pesos (algo a ser cogitado caso os viajantes estejam em grupo).

Balsas

Os principais serviços de balsa conectam a península onde está Cancún a Isla Mujeres e à ilha de Cozumel.

As balsas com direção a Isla Mujeres saem com frequência de Puerto Juarez (a 5 km da Zona Hotelera) e da própria Zona Hotelera (Boulevard Kukulcan, km 4.5); de Punta Sam (cujo porto é vizinho de Puerto Juarez) saem embarcações que transportam veículos com destino a Isla Mujeres.

Para ir à ilha de Cozumel, é necessário tomar embarcação na Playa del Carmen, localizada a 68 km de Cancún, ou em Puerto Morelos, localizado a 36 km de Cancún (deste lugar saem embarcações que transportam veículos).

Ônibus Interurbanos

A estação rodoviária de Cancún fica no centro da cidade. De lá saem ônibus para os principais destinos vizinhos, como Playa del Carmen, Puerto Morelos, Mérida, Chetumal e o sítio arqueológico de Chichén Itzá, entre outros destinos mexicanos. A companhia ADO oferece alguns dos melhores serviços de transporte. Av. Tulum y Uxmal, SM 23 - Centro, tel. 52 (998) 887-11 49. www.ticketbus.com.mx

Compras

Cancún não é o paraíso apenas para os amantes de belas praias e sol farto: o balneário também agrada - e muito - aqueles que acham que fazer compras é parte fundamental de qualquer viagem. Na cidade há produtos para todos os gostos: desde grifes internacionais, que são comercializadas em imponentes shopping centers, até artesanatos mexicanos, vendidos em mercados populares. E enormes letreiros de lojas "duty-free" marcam território em toda Zona Hotelera: nesse locais é possível encontrar roupas e souvenirs por bons preços.

Coral Negro - Espaço dedicado ao comércio de produtos tipicamente mexicanos, como sombreros e outros artesanatos. Boulevard Kukulcan, km 9 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 287-3671

Ki Huic - Ótimo lugar para se comprar lembrancinhas, como copinhos de tequila e sombreros. Av. Tulum, 17 - Centro, tel. 52 (998) 884-3347

Kukulcan Plaza - Shopping center onde é possível achar grifes como Hugo Boss e Oakley. Boulevard Kukulcan, km 13 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 193-0161. www.kukulcanplaza.com

La Isla Shopping Village - Um dos principais shopping centers de Cancún, com as grandes marcas de grife internacionais. Boulevard Kukulcan, km 12.5 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-5025. www.laislacancun.com.mx

Liverpool - Uma das principais lojas de produtos "duty-free" de Cancún. Plaza Las Américas - Centro, tel. 52 (998) 881-1500.

Luxury Avenue - No local é possível encontrar as mais exclusivas - e caras - grifes do mundo. Boulevard Kukulcan, km 13 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 848-7300. www.luxuryavenue.com

Mercado 28 - Melhor lugar para se comprar artesanatos mexicanos em Cancún. SM 28, Centro - Cancún.

Plaza Caracol - Outra boa opção de shopping center em Cancún. Boulevard Kukulcan, km 8.5 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-0905. www.caracolplaza.com

Plaza Las Américas - Um dos maiores shopping centers de Cancún, localizado no centro do balneário. Avenida Tulum, 260 - Centro, tel. 52 (998) 887-3863. www.las-americas.com.mx

Vida Noturna

A palavra Cancún, por si só, remete a praias paradisíacas, natureza farta e sol abundante. Mas esse famoso balneário mexicano ganha outros contornos quando o dia acaba: a noite local é animada, enlouquecida às vezes, e pode deixar o visitante entretido até altas horas da madrugada - quando não até os primeiros raios solares do dia seguinte.

Os mexicanos não são apenas exímios cozinheiros. Suas cervejas, tequilas e cocktails também atingem níveis de excelência e serão um grande combustível para aqueles dispostos a atravessar a noite caribenha rebolando em uma das pistas de dança de Cancún.

Azucar - Ótimo lugar para se ouvir e dançar salsa em Cancún. Boulevard Kukulcan, km 9 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 848-7000.

Basic - Popular casa noturna onde é possível ouvir de hip hop a regueton. Boulevard Kukulcan, km 10.3 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-2180. www.basicancun.com

Bulldog - Grande opção de entretenimento em Cancún, promove noites com ótimos DJ's, música ao vivo e até apresentações de luta livre. A balada vai até o nascer do sol. Boulevard Kukulcan, km 8.9 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 848-9850. www.bulldogcafe.com

Coco Bongo - Uma das mais famosas e criativas discotecas de Cancún, com muita música eletrônica, apresentações de acrobatas e enormes telões que fazem a cabeça dos visitantes. Boulevard Kukulcan, km 9 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-5061. www.cocobongo.com.mx

Dady'O - Outra famosa discoteca local. Boulevard Kukulcan, km 9.5 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-3333. www.dadyo.com.mx

O Ultra Club - Lounge de estilo elegante, com boa música eletrônica. Boulevard Kukulcan, km 9 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-3333. www.oultralounge.com

Señor Frog's - Bar-discoteca de Cancún muito popular entre turistas norte-americanos. Boulevard Kukulcan, km 9.5 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-1092. www.senorfrogs.com

The City - Local onde são realizados grandes concertos musicais em Cancún, além de ótimas noites de música eletrônica. Boulevard Kukulcan, km 9 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 848-8380. www.thecitycancun.com

Gastronomia

O México tem uma das culinárias mais criativas e apreciadas do mundo. Nenhum ingrediente parece improvável quando se trata de montar um prato típico do país. Abacate, pimenta, saladas, carne, feijão. Esses são apenas alguns dos alimentos que se usa - e que se unem - nas receitas mexicanas.

Cancún tem uma enorme variedade de restaurantes que servem comida local, a maioria com muita qualidade e bons preços. O guacamole (creme de abacate), as enchiladas (panquecas recheadas com carne), os tacos (tortilhas geralmente recheadas com carnes e salada) e os burritos (tortilhas recheadas com carne, salada e feijão) são algumas das mais tradicionais - e saborosas - criações do país.

No balneário também há grande oferta de culinária internacional e, como não poderia deixar de ser, ótimos pratos feitos com peixes e frutos do mar.

Para gastar menos, recomenda-se procurar os restaurantes do centro de Cancún (muito mais frequentados pelos nativos que por turistas). Já na Zona Hotelera, predominam os restaurantes cujos preços variam entre o razoável e o muito caro.

Blue Bayou - Cozinha internacional e ambiente romântico. Boulevard Kukulcan, km 10.5 - Hotel Hyatt Cancun - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 848-7800.

Bubba Gump - Cozinha com ênfase em frutos do mar. Boulevard Kukulcan, km 11.5 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-4198.

Captain Charlie's - Cozinha com ênfase em frutos do mar. Boulevard Kukulcan, km 5.5 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 849-7341.

Casa Maguey - Cozinha mexicana. Boulevard Kukulcan, km 13 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 885-2325.

El Rincón Mexicano - Cozinha mexicana. Avenida Nichupté - Centro, tel. 52 (998) 848-1548.

Elefanta Indian Cuisine - Cozinha indiana. Boulevard Kukulcan, km 12.5 - Plaza la Isla - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 176-8070.

Hacienda El Mortero - Cozinha mexicana. Boulevard Kukulcan, km 9 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 848-9800.

Hanaichi - Cozinha oriental. Boulevard Kukulcan, km 9 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-2804.

Jugo de Limón - Cozinha mexicana. Boulevard Kukulcan, km 12.5 - Plaza la Isla - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-0411.

La Casa de las Margaritas - Cozinha mexicana. Boulevard Kukulcan, km 12.5 - Plaza la Isla - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-3222.

La Joya - Cozinha mexicana. Boulevard Kukulcan, km 9.5 - Hotel Fiesta Americana Grand Coral Beach - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 888-3200.

Le Basilic - Cozinha italiana e ambiente romântico. Boulevard Kukulcan, km 9.5 - Hotel Fiesta Americana Grand Coral Beach - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 881-3200.

Lorenzillos - Cozinha com ênfase em frutos do mar. Boulevard Kukulcan, km 10.5 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 883-1254.

Mextreme - Cozinha mexicana. Boulevard Kukulcan, km 9 - Plaza Zocalo - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 891-0005.

The Crab House - Cozinha com ênfase em frutos do mar. Boulevard Kukulcan, km 15 - Zona Hotelera, tel. 52 (998) 193-9350.

Yamamoto - Cozinha oriental. Av. Uxmal, 31 - Centro, tel. 52 (998) 887-3366.

Lugares Históricos

Chichen Itzá - O sítio arqueológico de Chichén Itzá, e sua impressionante Pirâmide de Kukulcan (que foi eleita uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo), é uma das principais heranças que a civilização maia deixou em território mexicano. www.chichenitza.com

Cobá - Localizadas a 172 km de Cancún, essas ruínas são uma antiga cidade maia encravada no meio da floresta. A viagem entre Cancún e as ruínas dura cerca de duas horas e meia.

El Rey - Ruínas maias localizadas no coração da Zona Hotelera e habitadas por uma enorme população de iguanas. A visita é fácil e interessante. Boulevard Kukulcan, km 17 - Zona Hotelera.

Tulum - Situada às margens do mar do Caribe, essa é uma das mais belas ruínas maias da região. Está a 131 km de Cancún.

Dicas para quem vai viajar de avião pela primeira vez

Você nunca viajou de avião ? Você não sabe o que é check-in? ( nada de procurar o Chiquinho ou chequinho.) Não sabe onde deixar e onde pegar as malas? Então veja essas dicas para você não pagar mico no seu primeiro vôo!

Com o Brasil crescendo e as passagens cada vez mais facilitadas, milhões de brasileiros estão realizando o sonho de voar pela primeira vez. E com a novidade vem o medo de pagar mico. Afinal, os procedimentos para embarcar num avião são bem diferentes do embarque num ônibus partindo da rodoviária. Porém são bem simples, basta seguir nossas dicas e ter uma boa viagem.

Se o seu vôo é para alguma cidade dentro do Brasil, esse vôo é chamado de Doméstico. Se o vôo é para alguma cidade do exterior, é chamado de Internacional.

Apesar de perto e de não ser exigido o passaporte, Buenos Aires, cidades da Argentina, Paraguai, Chile, Bolívia, Colômbia, Venezuela e todos os países que fazem fronteira com o Brasil ou que são da América do Sul são considerados vôos internacionais.

Programe-se para embarcar. Avião é como trem, ele não irá esperar você por conta do seu atraso. Em vôos domésticos, chegue no aeroporto com 1 hora de antecedência. Em vôos internacionais, chegue com 2 horas de antecedência. Essa diferença se dá pois o embarque internacional exige apresentação de passaporte e passagem pelo guichê da polícia federal, levando um pouquinho mais de tempo para chegar no avião.

Ao chegar no aeroporto você deverá realizar o tal “Check-in”. O processo do Check-in se dá da seguinte maneira: vá até o guichê/balcão da companhia aérea que você escolheu para viajar. Esses balcões normalmente ficam de frente para a entrada e possuem esteiras do lado de cada balcão. Não confunda com os guichês de vendas de passagens. Normalmente na frente desses balcões encontramos filas às vezes bem grandinhas. Pegue a fila e aguarde.

Ao ser chamado pela atendente, dirija-se ao balcão com sua mala. para sua segurança, imprima a passagem que você comprou .. Apesar de não ser obrigatório apresentar nenhum ticket ou impressão, isso facilita a vida da atendente já que lá tem o número da passagem (chamado também de “localizador”) e serve como comprovação sua em caso de alguma remarcação de assento, mudança de número e horário de vôo modificado pela companhia sem o seu prévio conhecimento. Com essa passagem em mãos dá pra reclamar e exigir que os dados ali contidos sejam cumpridos.

É obrigatório um documento de identificação, de preferência RG ou CNH de cada passageiro. Apresente ao atendente.

No caso de vôos internacionais para países do MERCOSUL (Argentina, Chile, Paraguai, Colômbia, etc.) não é necessário a apresentação do passaporte. Para os demais países, é obrigatório a apresentação do passaporte.

Algumas companhias, sobretudo as internacionais, pedem como identificador do passageiro a apresentação do cartão de crédito que você utilizou para comprar as passagens.( se a passagem foi adquirida pela internet) Fique atento. Caso você tenha recebido um novo cartão no período entre a compra da passagem e o embarque, não descarte o cartão antigo, pois será necessário para apresentar ao atendente na hora do check-in.

Em determinado momento o atendente irá pedir para colocar sua mala na esteira. Será nessa hora que sua mala será pesada. Note no balcão um visor digital. Ali mostrará quantos quilos tem sua mala. Cada companhia permite um determinado número de malas e quilos que pode ser levado por passageiro sem cobrança extra de bagagem. No Brasil, você pode levar gratuitamente uma mala com até 23kg. Agora, se você tiver uma mala com 10kg e outra com 13kg, poderá embarcar as duas sem pagar nenhum excesso. O valor do excesso é caro e varia de empresa para empresa. No Brasil por exemplo cada quilo excedente corresponde a 0,5% do valor da passagem na tarifa Econômica sem desconto, chamada de Y (leia-se Yan que). Consulte sua empresa aérea ou seu agente de viagens.

Caso o peso da mala exceda a quantidade gratuita, será calculado na hora o valor em dinheiro que deverá ser pago ali mesmo, em dinheiro ou cartão. Caso você queira esvaziar a mala para levar com você no avião, você pode fazer isso sem problemas. Normalmente são 7 a 10kg de bagagem de mão, dependendo de cada empresa aérea.

Após pesar a mala, a atendente irá imprimir um adesivo contendo o número do passageiro, do vôo e em letras grandes o aeroporto de destino. Por exemplo, se você estiver indo para Fortaleza, constará no adesivo, bem grande, as letras “FOR”. Depois de grudado o adesivo, a mala segue na esteira até entrar num túnel, tendo como o destino final o bagageiro do avião.

A atendente então irá imprimir um ticket amarelo bem grande. Nesse ticket consta os dados do vôo, o portão de embarque, o número do seu assento, um código de barras e uma outra parte que será destacado antes de entrar no avião. Em caso de conexão, a atendente irá imprimir também os tickets de cada novo embarque. Guarde tudo com muito cuidado e jamais perca. Mantenha todos os papeizinhos com você até o final da viagem.

Pronto, você realizou o tal “Check-in”. Agora você deve se dirigir ao setor de embarque . No caso de vôos para cidades brasileiras, se dirija ao embarque doméstico. Para cidades no exterior, se dirija ao embarque internacional.

Chegando lá você será recebido por um apessoa com uma maquininha na mão. Ela vai pedir o papelzinho amarelo com o código de barras. Dê os tickets para a pessoa que ela achará o que quer. Ela passará o código de barras, a máquina irá apitar e vc será autorizado a passar.

Após o carinha do código de barras, você encontrará um detector de metais ao lado de uma esteira. Pegue uma bandejinha que tem ao lado, coloque relógio, carteira, mala de mão, cinto e tudo mais que você tenha de metal. Seus pertences seguirão na esteira para passar no Raio-X enquanto você passa pelo detector de metais. Logo após o detector você encontrará ao lado seus pertences na bandeja. Pegue tudo e vá adiante.

No caso dos vôos internacionais, logo depois do detector você encontrará o guichê da Polícia Federal. Ali vc entrega o passaporte, eles vão preencher um pequeno cadastro informando sua saída do país fazendo uma ou outra perguntinha básica e pronto. Siga.

Procure pelo seu portão, como consta no seu ticket. Basta seguir as placas. Ao encontrar o seu portão, sente-se e espere ser anunciado a abertura do embarque na aeronave. Normalmente falam algo como “Atenção senhores clientes do vôo da Cia tal numero tal com destino a Fortaleza, embarque iniciado no portão G. Por favor façam fila os passageiros com assentos entre as filas 10 e 23.“ É comum eles chamarem primeiro os que estão sentados numa metade do avião e depois em outra para organizar melhor a entrada na aeronave.

Entre na fila e aguarde chegar na atendente. Ela pedirá o ticket novamente e pode lhe pedir também o RG. Ela indicará qual o túnel/ponte você deve entrar para chegar até a aeronave. Em alguns casos você pode ser levado até um ônibus que lhe levará até a aeronave estacionada no pátio.

Entrando na aeronave, você será recebido pelas aeromoças e pelos pilotos. Essa equipe de profissionais é conhecida como “Tripulação”. Após receber as boas-vindas da tripulação, procure seu assento. No geral, os aviões são divididos por fileiras, cada fila tem 6 assentos, 3 de um lado, 3 de outro, cada um possuindo uma letra, A, B, C, D, E e F. Porém em alguns aviões essa configuração é diferente, exemplo, são apenas 4 assentos por fileiras, 2 de um lado, 2 do outro. Já em vôos internacionais, onde os aviões são maiores, temos fileiras com assentos do lado direito, esquerdo e no centro também, consulte a aeromoça que poderá auxiliar você a encontrar a sua poltrona.

Antes de levantar vôo, as aeromoças irão apresentar como realizar os procedimentos de salvamento em caso de emergência. Algumas vezes essa informação é apresentada na tela de TV do avião, caso este seja equipado com essa tecnologia.

Após levantar vôo, se for um vôo doméstico, é servido o lanche dependendo do vôo. Não espere um jantar ou algo mais pomposo pois em vôos domésticos não existe mais isso, hoje são basicamente lanches rápidos. As aeromoças (também chamadas de comissárias de bordo) irão passar com um carrinho contendo bebidas não-alcoolicas e alimentos. No caso da Gol é servido as famosas barras de cereais e amendoins. Porém em alguns vôo é vendido sanduíches e outras guloseimas. Na Azul é servido batatas tipo “Rufles”, biscoito de chocolate, amendoins, biscoitos do tipo salgadinho e wafer. Já na TAM é servido freqüentemente sanduíches quentes de queijo com peito de peru, bem como na Avianca.

Já em vôos internacionais é servido almoço e jantar, cuja qualidade depende da empresa aérea e da classe onde você está sentado. Nesses vôos o avião é dividido em três classes: a econômica, executiva e primeira classe. Em alguns aviões você talvez só encontre econômica e executiva. Quem pode pagar mais (muito mais) pode voar na primeira classe com poltronas individuais, que reclinam como uma cama e possuem um serviço diferenciado, com refeições requintadas e até champanhe para acompanhar. Já a classe executiva é um nível intermediário, que custa normalmente 3x mais que o valor de uma passagem na classe econômica. Paga-se pelo conforto de sentar apenas com uma cadeira ao lado e por poltronas bem mais largas, com direito a refeições também diferenciadas. Já a classe econômica possui assentos e refeições mais simples mas muito superior ao que é oferecido em vôos domésticos., com direito a café-da-manhã, almoço e jantar, dependendo do horário e duração do v6oo.

No meio do vôo o piloto costuma informar pelo sistema de som da aeronave as condições meteorológicas do destino, temperatura e previsão de chegada.

Você poderá escutar alguns sons estranhos, principalmente na decolagem ou pouso mas não se preocupe, normalmente vem do sistema de flaps (são como “pás” que ficam nas asas que abrem ou fecham para auxiliar no pouso e decolagem), da descida/subida das rodas ou até mesmo do vento contornando a aerodinâmica do avião.

Às vezes o avião irá balançar como se estivesse passando por buracos ou então você poderá sentir pequenas quedas seguidas que duram 1 segundo ou até menos. Não há necessidade de ficar com medo, nada mais é do que uma turbulência. Nesse momento o aviso de colocar cinto de segurança irá ligar e aeromoça irá reforçar pelo sistema de áudio que há uma turbulência, pedindo que todos permaneçam sentados. Na dúvida, olhe para o semblante das comissárias que já estão acostumadas a voar. Normalmente eles demonstram não estar nem aí, até conversam sorrindo com os colegas, mesmo diante de uma turbulência forte. Alguns passageiros acostumados também continuam lendo seus livros e jornais como se nada estivesse acontecendo. Vendo isso você terá todas as razões para ficar mais calmo, já que é algo corriqueiro e comum.

Aliás, nunca tire o cinto de segurança. Em turbulências que vem de surpresa, aí sim você poderá se machucar batendo a cabeça no teto do avião. São casos raros mas acontece.

Antes de pousar o piloto irá avisar por áudio. Permaneça sentado, com o cinto afivelado até a parada total da aeronave.

Quando o avião parar não precisa se levantar logo pra tirar a mala e sair correndo. Demora ainda alguns minutos para abrirem a porta do avião. Portanto, fique sentado, esperando o avião esvaziar um pouco mais para tirar as malas e desembarcar com tranqüilidade sem ficar esmurrando o povo que insiste em ficar em pé assim que o avião aterrissa. Seja educado e paciente. E garanto, quando abrem a porta o avião esvazia rapidinho.

Você tem uma conexão? Conexão nada mais é do que sair de um avião e entrar em outro. Se é esse o seu caso, a equipe da companhia aérea estará do lado de fora do avião aguardando você, eles irão dizer algo como “Conexão para Fortaleza, siga a direita até o portão H” ou então “Passageiros em conexão para Fortaleza, venham comigo!”. Não esqueça do seu ticket, você deverá apresentar novamente na entrada da aeronave. Lá você também terá o ticket da conexão com as informações do vôo, hora da saída e número do assento.

Se o vôo da sua conexão ainda vai levar horas, você poderá sair do setor de desembarque e ficar no saguão do aeroporto. Se realmente levar muito tempo, você pode até sair do aeroporto e dar uma volta na cidade. Quando você quiser acessar o embarque novamente para pegar o vôo de conexão, basta ir até o setor de embarque e apresentar o ticket, lá contém o ticket relativo a sua conexão. O procedimento é o mesmo que já foi descrito acima, carinha do código de barras > detector de metais > embarque.

Em caso de conexão não se preocupe que suas malas saem do primeiro avião e vão para o segundo avião sem você precisar pegá-las. Você só vai pegar sua mala no destino final.

Chegando no destino, saia do avião, siga o fluxo de pessoas pois inevitavelmente você chegará até as esteiras onde são colocadas as malas. Acima das esteiras você irá encontrar televisões informando o número do vôo. Procure pela esteira cuja TV informa o número do seu vôo e aguarde. As malas começarão a surgir na esteira, saindo de um túnel, aguarde até sua mala aparecer. Às vezes você tem azar e colocam sua mala por último então não se preocupe, às vezes demora mesmo.

Caso sua mala não apareça, procure um funcionário da companhia aérea informando que sua mala não apareceu. Eles irão lhe auxiliar nesses casos, pois deve ser preenchido um formulário de extravio para garantir seus direitos.

Para fazer seu Passaporte Azul

Dicas e Informações Gerais

No site da polícia federal você já pode preencher os dados para solicitar passaporte: http://www.dpf.gov.br/

Na página principal clica em requerer passaporte e seleciona estado e cidade.

  • 1) Clicar em documentação necessária
  • 2) Clicar em emissão de passaporte e preecher todos campos, vai avançando até o final e envia o formulário e irá gerar um nº de protocolo.
  • 3) Na página inicial procurar GRU - Guia de Recolhimento da União GRU - Funapol (emissão da guia para pessoas e entidades brasileiras) imprimir guia e pagar no Banco do Brasil ou lotericas, VALOR R$ 156,07, caso você tenha perdido o passaporte anterior fica R$ 312,14 e o Passaoporte de Emergencia fica pronto no mesmo dia pelo valor R$ 202,00 e deve ser comprovado o motivo da emergência.
  • 4) Agendar para fazer o passaporte no mesmo site da Polícia Federal das 07:55 a 10:55 são os horarios para agendar
  • 5) Levar guia paga + documentação necessária na polícia federal + foto (é tirada na propria policia federal).

Polícia Federal em Santa Cruz do Sul
Endereço: Rua Felix Hoppe, 750, na antiga Fiat. Bairro Avenida CEP 96810-180
Fone/Fax:(0xx-51) 3717-9000 / 9099

O passaporte leva mais ou menos 5 dias úteis para ficar pronto. Se você cadastrar um e-mail, será enviado neste o aviso de que o passaporte está pronto.

A entrega só é feita de segunda a sexta-feira das 11h até 12:30

IMPORTANTE: O novo Passaporte Azul nao possui filiação, para viagens internacionais leve sempre seu RG junto.

Este texto serve apenas a nivel de informação, a Kauai Viagens e ou CVC não se responsabiliza por qualquer alteração de dados.

Guia do Marinheiro de Primeira Viagem

Dicas e Informações Gerais

Os cruzeiros estão em alta no Brasil. Nos últimos anos, aumentou o número de turistas que optaram por fazer viagens marítimas. A cada 10 pessoas que pretendem viajar, aproximadamente 7 pelo menos já cogitaram a idéia de um cruzeiro.Depois da escolha feita, navio determinado e data marcada para zarpar, está na hora de preparar as malas. E é quando surgem as primeiras dúvidas dos marinheiros de primeira viagem. "Preciso levar terno ou vestido longo? Vou poder usar as piscinas e salas de ginástica de graça? Posso pagar em real? Se eu enjoar terá médico a bordo?" Perguntas como essas fazem parte da vida dos futuros passageiros dos navios, mas podem ser solucionadas rapidamente com uma lida nesse manual para marinheiros de primeira viagem.

Navios CVC

Celebration

O nome praticamente define qual é a marca registrada deste navio: a celebração à vida. Este transatlântico moderno é espaçoso e confortável, com cabine em média 30% maior do que a dos outros navios que fazem a mesma rota. Isso sem falar nas diversas atividades diárias deste cruzeiro, que agradam dos mais novos aos mais velhos. Muita diversão e comodidade, que ficam ainda maiores com o sistema All Inclusive da CVC.

Ficha técnica

Quantidade de passageiros: 1.950
Tripulação: 670
Velocidade: 19 nós
Tonelagem: 47.262
Bandeira: Itália
Decks: 10
Piscina: 2

Soberano

Se você procura, mas ainda não sabe qual será o destino de sua próxima viagem, pode ter certeza de que acabou de encontrar. No CVC Soberano, você tem a comodidade de usufruir do sistema All Inclusive, onde todas as refeições estão incluídas - inclusive as bebidas! A única preocupação que você terá é de aproveitar todas as atividades deste cruzeiro: são piscinas, hidromassagens, parede de escalada e até quadra de basquete à bordo!

Ficha técnica

Quantidade de cabines: 1.140
Quantidade de passageiros: 2.800
Tonelagem: 73.192
Capacidade do teatro: 1.400
Bandeira: Bahamas
Decks: 12
Piscina: 2

Imperatriz

Luxo e conforto são as principais características deste navio. Possui um teatro de dois andares, diversos cafés, elevadores panorâmicos, lindas lojas de compras, uma enorme piscina, maravilhosas jacuzis e belos restaurantes. Outra facilidade do CVC Imperatriz é o sistema All Inclusive. Tudo para que majestade alguma bote algum defeito.

Ficha técnica

Quantidade de passageiros: 2.020
Tonelagem: 48.563
Tripulação: 685
Velocidade: 19 nós
Bandeira: Bahamas
Decks: 9
Piscina 1

Zenith

Uma das principais características deste cruzeiro é a variedade de opções gastronômicas. O sistema All Inclusive, que possibilita o consumo ilimitado de comidas e bebidas a bordo, faz do CVC Zenith um dos mais procurados. Mas não é somente isso que atrai hóspedes para este navio. Ele também se destaca pelo serviço de bordo, a excelência dos roteiros e, principalmente, por suas atividades diárias.

Ficha técnica

Quantidade de cabines: 700
Quantidade de passageiros: 1.800
Tonelagem: 47.255
Capacidade do Teatro: 900
Bandeira: Nassau
Decks: 9
Restaurante: 2
Piscina: 2

Mistral

É um dos navios de maior sucesso na Europa e desde que chegou ao Brasil tem repetido o sucesso entre os exigentes clientes da CVC, muito também por operar no sistema All Inclusive. O navio conta com uma avançada tecnologia de construção, design arrojado e instalações muito modernas. Destaque também para as piscinas e as atividades deste que é um dos mais confortáveis transatlânticos do mundo.

Ficha técnica

Quantidade de cabines: 610
Quantidade de passageiros: 1.700
Tonelagem: 47.300
Capacidade do teatro: 594
Bandeira: Itália
Decks: 12
Restaurante: 3
Piscina: 2

Prepare a Mala

Esta é a maior preocupação para um marinheiro de primeira viagem. Mas fique tranqüilo: seguindo as dicas deste manual, você evitará qualquer tipo de gafe.

Para o dia-a-dia a bordo, aconselham-se trajes esportivose informais e calçados confortáveis, de salto baixo. Durante o cruzeiro são realizadas noites de gala, como o jantar oferecido pelo comandante, nas quais é recomendado o uso de paletó e gravata para os homens e vestido longo para as mulheres. Há sempre uma festa tropical e os que gostam de participar desse tipo de evento devem levar roupa adequada para esta festa.

Descendo do navio nos portos ou participando das excursões organizadas, utilize os trajes que mais lhe agradarem. Tanto a bordo como em terra, é prudente ter à mão um pulôver ou moletom para se proteger da diferença de temperatura entre os ambientes internos (ar-condicionado) e externos. Lembre-se de que é expressamente proibido usar traje de banho no restaurante. Para trafegar nos corredores, solicita-se o uso de saída de praia ou camiseta e sandálias.

Importante: em observação às exigências sanitárias, é vedado o consumo a bordo de alimentos e bebidas (águas, refrigerantes, cervejas, bebidas alcoólicas) adquiridos fora do navio. Também é proibido levar a bordo mercadorias, animais vivos, armas brancas e de fogo, munições ou outras substâncias perigosas sem o consentimento escrito da Companhia. O pessoal responsável pela segurança do navio está autorizado a recolher esses volumes ou objetos e devolvê-los aos hóspedes no fim da viagem, no momento do desembarque.

Qual limite de bagagem eu posso levar?

Não há limite de bagagem por hóspede. As malas devem ter etiquetas fixadas com número de cabine e nome. Vale ressaltar que dinheiro em espécie, documentos, objetos de valores ou frágeis, eletrônicos e bebidas adquiridas a bordo não devem ser despachados nas malas, mas conduzidas como bagagem de mão. Sugere-se o limite máximo de 25 kg por bagagem ou o limite máximo estabelecido pelo fabricante.

Observação: para trechos aéreos, devem ser respeitados os limites de peso estabelecidos pelas companhias aéreas.

Posso levar jóias e objetos de valor?

Pode, mas estes devem ser guardados no cofre localizado na própria cabine. A Companhia não se responsabiliza por objetos e valores deixados em bagagens despachadas, nas cabines ou esquecidos em outras dependências do navio.

O que devo fazer se eu perder ou minha bagagem for avariada?

A perda e/ou avaria da bagagem deve ser comunicada pelo passageiro ao comando do navio ou aos agentes da Companhia no porto de chegada, logo no momento do desembarque, preenchendo o formulário de avarias para futura avaliação. Não é admitida qualquer reclamação posterior.

Documentação

Com as malas prontas, o segundo item a organizar é a documentação. Os hóspedes têm a responsabilidade de atender às exigências legais quanto à apresentação de documentos nas viagens nacionais e internacionais, sendo indispensável à apresentação das vias originais desses documentos em bom estado.

Passageiros com 12 anos ou mais: São aceitos os seguintes documentos originais: Carteira de Identidade emitida pela Polícia Civil (SSP), carteira de motorista válida e com foto, passaporte válido, carteira. de trabalho, carteiras profissionais com foto como OAB, CRA, CRM, militares e RNE, no caso de estrangeiros. Certidões de nascimento não são aceitas para maiores de 12 anos.

Passageiros estrangeiros não residentes no Brasil: Passaporte original e válido e tarjeta de entrada e saída do país.

Muito importante: não são aceitas cópias de documentos para embarque, mesmo que autenticadas. Somente documentos originais.

Menores até 11 anos: Devem viajar acompanhados de um adulto com grau de parentesco. Pode ser pai ou mãe, irmãos maiores de 21 anos, tios ou avós, desde que esteja comprovado documentalmente o parentesco. Neste caso, o menor pode viajar somente com um adulto. Também poderá viajar acompanhado de pessoa maior, expressamente autorizada (autorização em cartório) pelo pai, mãe ou responsável legal. Crianças de 2 a 11 anos viajando desacompanhada é necessária à autorização da Vara da Infância e da Juventude.

Viagens internacionais para Argentina e Uruguai

Passageiros com 18 anos ou mais: Passaporte válido ou carteira de identidade original emitida pela Polícia Civil (SSP). É importante destacar que a carteira de identidade deve estar em ótimo estado de conservação e com foto que identifique, com clareza, o portador. Carteiras funcionais como OAB, CREA, CRM, militares, de motorista, entre outras, não são válidas para viagens ao exterior e travessia de fronteiras.

Menores de 18 anos: As mesmas condições acima e estabelecendo que mesmo para crianças de colo é necessário portar carteira de identidade original emitida pela Polícia Civil ou passaporte válido. Certidão de nascimento não é válida para viagens ao exterior e travessia de fronteiras. Menores de 18 anos devem viajar acompanhados do pai e da mãe que constam na carteira de identidade do menor. Na hipótese do menor de 18 anos viajar sem a companhia de um dos pais, é necessária a autorização do pai ou da mãe ausente, com firma reconhecida em cartório. Caso o menor viaje sem os pais, é necessária uma autorização com firma reconhecida de ambos os pais para o embarque. Menores de idade viajando apenas com o novo passaporte (modelo azul), acompanhados ou não dos pais, também deverão apresentar no check in o RG ou certidão de nascimento original. Isso é necessário para comprovar a paternidade, pois o novo passaporte azul não registra a filiação do viajante.

Viagens Internacionais - Passageiros Estrangeiros

É necessário o passaporte válido, o RNE (no caso de residentes) e eventuais vistos consulares de acordo com a nacionalidade. Nestes casos é indispensável o passageiro contatar o consulado do país a ser visitado para saber se é necessário visto consular.

Estrangeiros não residentes no Brasil: Passaporte original e válido e tarjeta de entrada e saída do país. As informações deste comunicado foram obtidas junto à Polícia Federal, Vara da Infância e da Juventude e Estatuto da Criança e do Adolescente, artigos 83, 84 e 85.

Embarque

O horário de embarque estará indicado em seu bilhete de passagem, bem como a estação marítima onde você deverá se apresentar. Em geral, o procedimento de embarque tem início 4 horas antes da saída do navio e término 2 horas antes da partida.

O preenchimento do voucher, que nada mais é do que o formulário de embarque entregue pela CVC, é obrigatório, assim como a identificação das malas com as etiquetas recebidas, informando o número de cabine e nome do hóspede.

Posso levar acompanhantes no dia do embarque?

Por questões operacionais e de segurança, o acesso ao navio é limitado ao pessoal em serviço e aos hóspedes a embarcar e em trânsito. A recomendação é para se despedir dos parentes e amigos em casa e seguir despreocupado para o porto.

Pode haver atraso, omissão ou variação de portos e horários?

Os horários de chegada e saída dos portos são estimados e dependerão sempre das liberações pelas autoridades locais e das condições de navegabilidade de cada trecho a ser percorrido durante o cruzeiro. A armadora é a soberana autoridade do navio, competindo-lhe a decisão acerca das condições de navegabilidade do cruzeiro de acordo com as disposições climáticas, meteorológicas e técnicas que se apresentarem.

A armadora por motivos de força maior, caso fortuito ou motivos técnicos, poderá alterar os horários e o porto de embarque, portos de escalas e ou porto de desembarque desde que o passageiro seja expressamente avisado antes do embarque, quando poderá optar pelo reembolso integral dos valores pagos ou pela manutenção da viagem no roteiro alterado.

Se as alterações indicadas acima ocorrerem durante o transcorrer do próprio cruzeiro, caberá ao passageiro o reembolso proporcional, se o período da viagem for encurtado.

Observação: em Fernando de Noronha, Punta Del Este, Búzios, Cabo Frio e Ilha Privativa não há porto de atracação e o navio fica fundeado a certa distância e o transporte será realizado por Tenders do próprio navio ou transportes marítimos locais. Estes farão os traslados Navio / Terra / Navio e estarão sujeitos às condições marítimas e climáticas favoráveis, podendo ser suspensos e até cancelados caso representem risco à integridade física dos passageiros. Em quaisquer desses casos, a decisão sempre caberá ao comandante do navio e o mesmo conduzirá o navio ao continente para o porto de atracação mais próximo, dando continuidade à viagem.

Refeições

Ao longo do dia, são servidas 5 refeições. São elas:

- Café da manhã (restaurante principal ou buffet, com turno livre).
- Almoço (restaurante principal ou buffet, com turno livre).
- Chá da tarde.
- Jantar (em 2 turnos: 1º turno, às 20h00; 2º turno, às 22h).
- Ceia servida à meia-noite no restaurante ou, às vezes, na piscina.

Observação: nos cruzeiros com mais de 7 noites, a ceia será servida durante 2 noites e nas demais serão servidos lanches e snacks nos principais bares do navio. Nos cruzeiros menores, será servida a ceia somente 1 noite.

Como funciona a reserva de mesa no restaurante?

É necessário indicar sua preferência de turno de refeição no momento da reserva da sua cabine. Sua mesa será a mesma em todo o cruzeiro, podendo estar acompanhado de outros passageiros. As refeições são servidas em dois turnos, obedecendo aos seguintes horários: 1º turno: almoço livre e jantar às 20h00; 2º turno: almoço livre e jantar às 22h00.

Cabine Externa X Interna

Todos os hóspedes recebem o mesmo tratamento, sem distinções. Portanto, escolha à vontade a tarifa que se enquadra melhor ao seu programa de férias: nossas cabines têm o mesmo padrão de conforto, são decoradas com a mesma elegância e possuem dimensões equivalentes, independentemente da categoria a que pertence. As diferenças de preço são geralmente explicadas pela localização (cabines externas com vista para o mar ou cabines internas sem janela) e pela altura do deck a que pertence. Apenas as suítes têm dimensões efetivamente maiores que as demais cabines, ou mesmo varanda para o mar.

Atividades a Bordo

Programadas diariamente, são muitas as atividades. O hóspede encontrará instrutores para ginástica e sessões de aeróbica, além de jogos e brincadeiras de piscina, diversos campeonatos, aulas de dança, etc. Uma equipe de recreação infantil mantém as crianças acima de 3 anos ocupadas durante o dia. Ao entardecer, nos bares internos há o aperitivo musical. À noite: shows, cassino, música dançante nos salões, jogos de sociedade e discoteca.

Meus filhos receberão atenção e terão uma programação especial?

Um cruzeiro marítimo é a melhor opção de férias para toda a família. A criançada adora aproveitar tudo o que o navio oferece. Uma equipe especializada de monitores vai organizar atividades para crianças (a partir de 3 anos de idade; não há serviço de babá) em horários preestabelecidos.

Como fico sabendo das atividades do dia?

Recomenda-se ler diariamente o jornal de bordo, onde constam todos os horários para melhor aproveitamento de todas as atividades de bordo.

Fique por Dentro

Tenho uma necessidade especial. Posso realizar um cruzeiro?

Em atenção à exigência feita pela armadora, os passageiros que precisarem de assistência, tais como portadores de necessidades especiais em razão de deficiência física (permanente ou temporária) ou mental, menores de idade, bem como gestantes, deverão estar acompanhados por pessoa adulta e que se responsabilize por essa assistência. A armadora deverá ser avisada no ato da reserva a respeito de qualquer um desses casos, tendo o direito de recusar o hóspede cujas condições possam afetar a saúde e o bem-estar dos demais.

Existe assistência médica a bordo?

O serviço médico de bordo será prestado por pessoal médico independente. Os valores da consulta e da medicação administrada estão a cargo do passageiro. Sugere-se a contratação de seguro de saúde pelo prazo específico de duração do cruzeiro para que possa pedir reembolso das despesas pagas do seguro contratado.

>Como posso comemorar aniversário?

Aniversários de nascimento e casamento podem ser comemorados com bolos e o tradicional “Parabéns” durante os jantares. Para isso, é importante informar o fato à agência de viagens no momento da reserva ou mesmo no dia do embarque, junto ao chefe do restaurante.

Quem serão meus companheiros de viagem?

A bordo, você encontrará hóspedes das mais variadas faixas etárias (casais, grupos, familiares e de amigos, crianças e adolescentes). O ambiente a bordo é de camaradagem e é fácil integrar-se com a tripulação do navio e com os outros hóspedes: basta participar das atividades de animação. Se, no entanto, você preferir desfrutar de situações mais reservadas, sua privacidade será respeitada.

Poderei me comunicar com minha casa durante o cruzeiro?

Sem dúvida. Cada vez que você quiser se comunicar com parentes ou mesmo com seu escritório, basta utilizar o sistema de comunicações do navio. É possível telefonar e receber chamadas via satélite em sua própria cabine, além da sala de internet a bordo.

Durante as escalas, posso realizar excursões?

Claro! Existem excursões terrestres opcionais. Podem ser adquiridas diretamente a bordo do navio, já no momento do embarque. São organizadas pela CVC, sendo recomendadas pela qualidade superior de serviços e boas condições de segurança. Nas cidades ou ilhas onde não existe atração, o desembarque dependerá das condições climáticas locais.

Existe fotógrafo a bordo?

Há um serviço de fotógrafos que documenta todos os eventos da viagem. O hóspede pode adquirir as cópias no escritório dos fotógrafos a bordo.

Acerte a língua: Algumas expressões que vão ajudá-lo na comunicação com os portenhos

Expressões do dia-a-dia

Holá, que tal! Oi, tudo bem?

Buenos dias ou buen dia Bom dia!

Buenas tardes Boa tarde!

Buenas noches Boa noite!

Por favor, donde es...? Por favor, onde é...

Gracias Obrigado

Me puede cambiar esto? Pode mudar isso

Me puede dar mi cuenta? Pode me dar a conta, por favor,

Me puedellamar um táxi? Você pode chamar um táxi?

Me puede ayudar? Você pode me ajudar?

Cuanto vale? Quanto custa

Puedo pagar com tarjeta de crédito? Posso pagar com cartão de crédito?

Hice uma reserva Fiz uma reserva

Yo me llamo... Eu me chamo...

Me los puedo provar? Posso provar?

Me gusta Eu gosto

No me gusta Eu não gosto

Llavame a esta dirección Leva a este endereço

Perdon, no entiendo Desculpe não entendo

Quisiera uma habitación Queria um quarto

Quisiera cambiar em pesos Gostaria de trocar em pesos

Donde puedo obtener uma información? Onde posso obter uma informação

Mesa e culinária

Desayuno: café da manhã

Almuerzo Almoçao

Cena Jantar

Postre Sobremesa

Malpasado Mal passado

A punto Ao ponto

Bien asado Bem assado

Bife de chorizo Contra filé

Bife de cotilla Costela

Lechón Leitão

Asado de tira Corte típico de carne bovina em tiras

Tapa de cuadril Picanha

Rana

Rinón Rim

Parrilada Misto de carne e miúdos assados na grelha

Morcilla Chouriço

Hígado Fígado

Pavo Perú

Pólo Frango

Anchoa Anchova

Calamares Lula

Camarón Camarão

Trucha Truta

Salmón Salmão

Milanesas Filés empanados

Chimichurri Molho de ervas utilizado na cozinha argentina para acompanhar as carnes (parrilhas). Leva azeite de oliva, vinagre, orégano, salsa e alho picados além da pimenta

Ensalada Salada

Papas fritas Batatas fritas

Jamón Presunto

Minutas Pratos rápidos e sanduíches

Dulce de leche Doce de leite

Miel Mel

Mermelada Geléia

Queso Queijo

Medialunas Croissants

Tostadas Torradas

Galletas Biscoitos

Tostado Misto quente

Manteca Manteiga

Helado Sorvete

Empanada Pastel assado

Empanada frita Pastel frito

Huebos revueltos Ovos mexidos

Edulzante Adoçante

Soda Água com gás

Jugo de naranja Suco de laranja

Te Chá

Cortado Café com leite

Chocolate espeso Chocolate quente forte

Sevilleta Guardanapo

Vaso Copo

Taza Xícara

Botella Garrafa

Plato Prato

Tenedor Garfo

Cuchara Colher

Cuchillo Faca

La cuenta A conta

Roupas e artigos de banho

Falda Saia

Medias Meias

Zapato Sapato

Saco Casaco

Vestido Vestido

Camisa Camisa

Chaqueta Jaqueta

Remera Camiseta

Traje Terno

Corbata Gravata

Pantalón Calça

Corpiño Sutiã

Bombacha Calcinha

Calzoncillos Cuecas

Toallón Toalha de banho

Toalla de cara Toalha de rosto

Jabón Sabonete

Creme de dientes Pasta de dentes

Cepillo de dientes Escova de dentes

Cepillo del pelo Escova de cabelos

Champú Shampoo

Acondicionador Condicionador

Como arrumar a mala

Como arrumar a mala propriamente dita, aproveitando bem o espaço e amassando as roupas o mínimo possível.

Vamos às dicas:

1. Não deixe para arrumar a mala no dia da viagem, mesmo que você tenha o dia livre e só vá viajar à noite. A memória e o subconsciente têm mecanismos delicados, e ao longo de uma noite de sono você terá condições de descobrir espontaneamento algo que tenha esquecido ou deixado de considerar ao arrumar a mala. Arrume e feche as malas na véspera, prevendo 5% de espaço para preencher com os esquecimentos - e você verá que serão vários. Aproveite e vá tomando nota das coisas que você só poderá colocar na bagagem na hora de sair, para poder conferir na hora certa.

2. Não arrume direto na mala. Como em tudo o que é feito de modo racional, planeje antes. Coloque em cima da cama todos os itens que deverão ser levados na mala, para ter idéia das quantidades e do equilíbrio. Agora revise e ajuste, levando em conta pesos, volumes, possibilidade de combinação e a demanda por cada uma das peças de roupas. Resista à tentação de incluir roupas para todas as contingências do tipo "mas e se...?". Lembre-se de que você pode precisar de roupa de dormir, de roupa de praia, e que geralmente "gasta" mais camisetas do que calças e bermudas. Revise de novo. Só então é a hora de começar a colocar na mala.

3. Escolha sempre roupas versáteis, como camisetas que podem ser usadas durante dia ou noite, e peças de um mesmo grupo de cores, para poder combinar de maneiras diferentes. O viajante efetivo prefere as roupas feitas leves e resistentes, feitas de tecido que não amassa, como as microfibras, linha e algumas malhas.

4. Comece a mala pelas calças jeans, que devem ser colocadas no fundo, com as pernas completamente para fora da mala. Quando terminar a mala, coloque as pernas das calças jeans para dentro, "abraçando" as demais roupas - assim elas ficam com menos marcas de dobra.

5. Em seguida armazene os calçados, aproveitando os cantos. Coloque as meias dentro dos sapatos para aproveitar melhor o espaço e evitar que eles amassem com o peso da mala. Se ainda couber, coloque outras peças pequenas dentro de pequenos sacos plásticos dentro dos sapatos também. Cada par de sapatos deve por sua vez ser colocado em um saco plástico (ou de flanela, muito mais chic) para não sujar ou manchar as outras roupas, nem ser arranhado por fivelas e botões. O viajante efetivo leva na mala um sapato social, quando viaja de tênis, ou um tênis, se viaja de sapato social. Mais do que isso, em termos de calçados, só se estiver indo para a praia e quiser levar um par de sandálias.

6. Agora as jaquetas, bermudas e outras peças mais volumosas ou resistentes. Minimize o número de dobras, posicione os itens mais pesados próximos ao fundo, e prefira peças de microfibra ou outros tecidos que não ficam amarrotados.

7. Neste momento a mala já terá uma série de cantos e outros espaços não aproveitados. Preencha-os com roupas e acessórios miúdos, como peças íntimas, cintos, luvas, cachecóis, lenços, gravatas enroladas. Se tiver camisetas para usar informalmente, enrole-as bem (vai evitar marcas de dobra) e coloque-as também. Tente formar uma base uniforme e resistente, para receber a próxima camada.

8. Agora é a vez das camisas, camisetas e outras roupas que amassam. Abotoe todos os botões, dobre o mínimo possível, e distribua uniformemente. Para evitar dobras "retas", que ficam mais marcadas, você pode tentar fazer a dobra ao redor de algum outro item macio, como uma camiseta enrolada - ao custo da eficiência no uso do espaço.

9. Mesmo que você não seja um gênio da moda, escolha calças, casacos, bermudas, camisas, cintos e sapatos que combinem todos entre si. Se estiver indo para algum lugar em que a aparência seja fundamental, escolha cores sóbrias (brancos, pretos, cáquis) para as roupas mais volumosas, e deixe a personalidade para as camisas e os acessórios (gravata, etc.)

10. Se tiver que colocar um paletó em uma mala comum, deixe-o por último. Vire-o do avesso e dobre em 4, colocando-o por cima dos demais itens da mala.

Seguro promete indenização rápida

O seguro de acidente aéreo VoeSeguro, lançado pelo HSBC Seguros e pela Úmbria TI, promete ser simples e rápido quando o assunto for indenização. A contratação pode ser feita pela internet ou pelo celular - e você pode contratar diretamente o seguro ou outra pessoa pode fazê-lo em seu nome. O valor é de R$ 17,90 para viagem de ida e volta para qualquer lugar do mundo e de R$ 27,90 para todas as viagens feitas pelo segurado durante 30 dias. Em caso de acidente, o pagamento é de R$ 1 milhão, feito aos familiares cinco dias depois da apresentação da documentação necessária. O VoeSeguro cobre vôos de companhias comerciais regulares e pode ser contratado mesmo se o passageiro possuir outro seguro de vida.

Informações pelo fone: (11) 2196-0100 ou pelo site voeseguro.com

A TAM, por sua vez, fechou parceria com a empresa de assistência e seguro de viagem Mondial Assistance. A compra da cobertura, pelo site da companhia - www.tam.com.br - deve ser feita no momento da compra do bilhete.

Tudo sobre passaportes

Emissão do novo modelo de Passaporte Brasileiro:

Ao emitir o novo passaporte brasileiro, a Polícia Federal está retendo passaporte anterior que não possua nenhum visto ainda válido; portanto, sugerimos que aconselhem aos vossos passageiros, tirar fotocópia de todo o passaporte, antes de comparecer à Polícia Federal para solicitação do novo passaporte.

O novo passaporte brasileiro, não possui dados de filiação e portanto, todos os viajantes menores, devem sempre sair do Brasil com o passaporte + certidão de nascimento ou RG original + se necessário, a autorização de viagem desacompanhado ou acompanhado apenas por um dos genitores.

Renovações de vistos para os EUA

Requerentes que possuam visto com validade máxima concedida, à vencer ou vencido há menos de 01 ano e que desejam renovar para a mesma categoria (exemplo: B2: turismo de 05 ou 10 anos), têm possibilidade de agendar entrevista como renovação, conseguindo assim, normalmente, agendar a entrevista com prazo de espera inferior ; porém, para usufruiur deste privilégio de dar entrada no pedido de visto como renovação, existem as seguintes regras:

A) É obrigatório a apresentação do visto USA a ser revalidado: apresentando o passaporte original anterior ou pelo menos cópia do passaporte anterior ( aconselhável fotocópia autenticada), caso a Polícia Federal tenha retido o passaporte, no ato da emissão do novo. Requerentes que não possuam cópia ou original do visto, não podem agendar entrevista como renovação de visto.

B) À partir de 01/04/2008, o agendamento da renovação deverá ser realizado no Consulado/Embaixada correspondente à região de residência do requerente; ou seja:

- Consulado Geral do EUA de SP: atende renovações de vistos, com agendamento prévio, de requerentes residentes em SAO PAULO, MINAS GERAIS, MATO GROSSO DO SUL, PARANÁ, SANTA CATARINA, RIO GRANDE DO SUL;
- Copnsulado Geral dos EUA no RJ: atende renovações de vistos, com agendamento prévio, de requerentes residentes em: RIO DE JANEIRO, ESPÍRITO SANTO;
- Consulado Geral dos EUA no RECIFE: atende renovações de vistos, com agendamento prévio, de requerentes residentes em: AL, CE, MA, PE, PI, RN, F. NORONHA, BA, SE;
- Embaixada dos EUA em BRAS�LIA: atende renovações de vistos, com agendamento prévio, de requerentes em: AC, AP, AM, DF, GO, MT, PA, RR, RO, TO;

Dicas de vacinação

Como se precaver contra a febre amarela

Se você vai viajar para alguma área que tenha risco de transmissão da febre amarela, você deve tomar a vacina dez dias antes da viagem. Se você já foi vacinado, saiba que tem imunidade contra a doença por dez anos a partir da data em que ouve a aplicação. No Brasil, os locais de risco são as áreas de matas e rios das seguintes regiões: todos os Estados do Norte e Centro-Oeste (Goiás e Mato Grosso do Sul, principalmente), bem como parte da região Nordeste (Estado do Maranhão, sudoeste do Piauí E Oeste e extremo-sul da Bahia), região sudeste (Estado de Minas Gerais, oeste de São Paulo e norte do Espírito Santo) e região Sul (oeste dos estados do Paraná Santa Catarina e Rio Grande do Sul). A vacina é aplicada gratuitamente nos postos de saúde de todos os municípios do Brasil. A vacina também está disponível nas salas de vacinação dos portos, aeroportos e fronteiras. Para as pessoas que foram vacinadas há mais de dez anos, basta tomar uma dose de reforço e seguir viagem, e não necessário esperar dez dias para garantir proteção.

As pessoas vacinadas em unidades do SUS recebem um comprovante de vacinação válido em todo o território nacional: é o Cartão Nacional de Vacinação, de cor branca. O comprovante da vacina deve fazer parte da bagagem. Para viajantes internacionais, vindo ou indo para áreas infectadas, a vacinação contra a febre amarela é a única exigência sanitária, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). Alguns países da América do Sul, do Caribe e da África exigem o certificado internacional de Vacinação (CIV) da cor amarela. Para efetuar troca do cartão branco pelo amarelo, deve-se procurar os Postos da Agência Nacional da Vigilância Sanitária (Anvisa) em qualquer aeroporto, passagem de fronteira ou nas sedes da coordenação em todo o território nacional. Apenas o portador poderá solicitar a substituição do cartão, comparecendo ao posto da troca munido de documentos. Para menores de idade, é necessária a apresentação da certidão de nascimento. Para mais informações, acesse o portal do Ministério da Saúde.

Documentação para Viagem

Para Viagens dentro do Brasil

Brasileiros com 12 anos ou mais

É necessária a apresentação de Carteira de Identidade original ou Passaporte. Não são aceitas identidades profissionais, civis ou militares (OAB, CRO, CRM etc). Não são aceitas carteiras escolares e certidão de nascimento.

Brasileiros até 11 anos

É necessária a Carteira de Identidade original, Certidão de Nascimento original ou Passaporte. Não são aceitas carteiras escolares e cópias de documentos mesmo que autenticadas.

Menores até 18 anos viajando desacompanhados

- Documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 meses), RG ou Certidão de Nascimento original, esse último sendo somente aceito para menores de 12 anos;

- Menores de 18 anos desacompanhados de ambos os pais ou responsável deverão também apresentar obrigatoriamente autorização por escrito do pai e/ou da mãe com firma reconhecida em cartório por autenticidade.

Estrangeiros residentes no Brasil

É necessário a Carteira RNE (Registro Nacional de Estrangeiros) original ou passaporte.

Viagens para países integrantes do Mercosul

– Documentos originais: passaporte válido (mínimo de 6 meses) ou RG. Sugerimos que os documentos tenham menos de 10 anos de validade e estejam em bom estado de conservação. NÃO será permitido o embarque de hóspedes (mesmo bebê) portando apenas Certidão de Nascimento.

Para Viagens Internacionais

Brasileiros

É necessário o passaporte com um mínimo de 6 meses de validade em relação a data de expiração, vistos de entrada de acordo com o país visitado e atestados de vacinação de acordo com o país visitado.

A necessidade de vistos de entrada ou vacinas podem ser obtidas entrando em contato com os consulados dos países a serem visitados, e a obtenção de todos os documentos de viagem são de responsabilidade exclusiva dos passageiros.

Brasileiros para a Argentina, Paraguai, Uruguai

Para estes países, o passaporte pode ser substituído pela carteira de identidade emitida pela Polícia Civil, desde que, em bom estado de conservação e com o máximo de 10 anos da data de expedição. Não são aceitas identidades profissionais, civis ou militares (OAB, CRO, CRM etc), carteiras escolares e certidão de nascimento.

Brasileiros menores de 18 anos viajando desacompanhados

– Documento original: passaporte válido (mínimo de 6 meses). NÃO será permitido o embarque de hóspedes (mesmo bebê) portando apenas Certidão de Nascimento.

Além dos documentos acima, menores desacompanhados durante viagens internacionais deverão observar os procedimentos abaixo:

- Desacompanhados de ambos os pais ou responsável e em companhia de terceiros maiores e capazes: devem apresentar a Autorização de ambos os genitores, com foto da criança e com firma reconhecida em cartório por autenticidade em duas vias;
- Viajando com apenas um dos genitores: devem apresentar a Autorização do genitor ausente, com foto da criança, com firma reconhecida em cartório por autenticidade em duas vias;
- Em caso de falecimento de um dos genitores: devem apresentar o Atestado de Óbito original.

Nota Importante:

- Menores de idade viajando apenas com o novo passaporte (modelo azul), acompanhados ou não dos pais, também deverão apresentar no embarque o RG ou Certidão de Nascimento original. Isso é necessário para comprovar a paternidade, pois o novo passaporte azul não registra a filiação do viajante;
- Não será permitido o embarque de hóspedes portando cópia de documentos, mesmo que autenticados;
- Não será aceito embarque com boletim de ocorrência em caso de extravio ou roubo de documentos.

Estrangeiros residentes no Brasil

É necessária a apresentação do Passaporte válido e da Carteira RNE (Registro Nacional de Estrangeiros), vistos de entrada e atestados de vacinação de acordo com o país visitado.

Antes de Viajar ao Canadá

Passaporte

O interessado na obtenção do Passaporte deve procurar quaisquer das unidades descentralizadas, ou postos de atendimento do Departamento de Polícia Federal, ou os postos de atendimento da Empresa de Correios e Telégrafos - nestes, obterá as informações específicas a respeito do kit adquirível para remessa de documentos.

Lembramos que o passaporte só pode ser requerido e retirado pelo próprio interessado. Para maiores informações consultar nossa página sobre passaportes ou página da Polícia Federal.

Sempre verifique a validade de seu passaporte e vistos antes de viajar para evitar transtornos antes e durante à viagem. Sugerimos, ainda, que você faça fotocópias coloridas e reduzidas do passaporte e visto do país que for visitar mantendo-a na carteira para que não seja necessário andar com o original o tempo todo.

Visto Canadense para Brasileiros

Todos os brasileiros necessitam de visto de entrada no Canadá, portanto enquanto estiver programando sua viagem ao Canada, sempre levar em consideração esta necessidade. Abaixo informamos os documentos necessários para a retirada do visto de turismo e de estudos.

Apesar de existir um consulado canadense no Rio de Janeiro, este só emite visto para os visitantes a negócios. Como todas as embaixadas, a do Canadá também se localiza em Brasília, mas emite vistos apenas para representantes diplomáticos oficiais.

Consulado e Embaixada

Consulado Canadense em São Paulo
Av. Nações Unidas,12901-16 andar-Torre Norte
CEP: 04578-000
São Paulo-SP
Tel: (0**11) 5509-4321 Fax: (0**11) 5509-4260

Embaixada Canadense em Brasília
Av. das Nações, Quadra 803, lote 16
Brasília - DF
Tel: (0**61) 321-2171

Horário de Atendimento
Segunda à Quinta-Feira: 08:00 às 11:00
Sexta-Feira: 08:00 às 09:30

Seguro Saúde

Apesar de o Canada possuir um ótimo sistema de saúde, ele não é gratuito para os turistas, muito pelo contrário, os serviços médicos costumam ter um valor bem elevado. Desta forma aconselhamos sempre a aquisição de um seguro de saúde. Na hora da escolha da empresa a contratar, busque as que possuam seguradoras fortes como parceiras, de forma a não ter problemas na necessidade de sua utilização para valores mais expressivos.

Trabalhamos com a MIC Brasil, associada à Coris Internacional. Possuímos diversos planos que com certeza atenderão às suas necessidades.

Roteiro

Sempre tenha em mãos o seu roteiro de viagens e sempre deixe com seus familiares uma cópia deste com os telefones onde poderão ser contatados durante a viagem. Adicione a este roteiro os telefones de seu seguro saúde, para que seus familiares também saibam como contata-lo em caso de uma emergência.

Sugerimos, ainda, que você estude um pouco da cultura e dos pontos turísticos a ser visitados, de forma a aproveitar plenamente sua visita.

Cartão de Crédito

Hoje o cartão é, provavelmente, o meio mais seguro e prático de se pagar contas no exterior. Praticamente todos os estabelecimentos aceitam esta forma de pagamento, mas ao contrário do Brasil, não existe o parcelamento dos gastos. Em muitos estabelecimentos como hotéis e locadoras de carros eles são imprescindíveis, pois servem de caução e garantia para a empresa.

Outra vantagem do cartão é a segurança, pois em caso de perda e extravio além de ser possível o seu bloqueio, as operadoras normalmente conseguem repô-lo em pouco tempo, entregando um novo cartão diretamente em seu hotel.

Existem, ainda, empresas como a Cotação, que fornecem cartões de rendimento. São cartões, como por exemplo, o Visa TravelMoney, internacionais, pré-pagos e recarregáveis que podem ser utilizados tanto para saques como para compras como se você um cartão de crédito normal. Desta forma você saberá exatamente quanto possui para gastar durante sua viagem.

Portanto, mesmo prevendo efetuar seus gastos apenas em dinheiro, sugerimos seja sempre levado um cartão de crédito internacional para o caso de emergências. Este tipo de cartão pode facilmente ser adquirido nos bancos nacionais.

Dinheiro

Procure sempre levar um pouco da moeda corrente de seu destino em notas pequenas para facilitar os primeiros dias da viagem. Quando possível, opte por Traveller´s Checks, pois são mais seguros e podem ser facilmente substituídos no caso de perda ou furto.

Lembre-se, sempre que sair com mais de R$ 10.000,00 (dez mil reais) ou seu equivalente em moeda estrangeira de efetuar sua declaração na alfândega.

Medicamentos

Item muito importante e freqüentemente esquecido pelos viajantes são os remédios. Aconselhamos sempre levar nas viagens remédios do cotidiano e antibióticos, pois no caso de uma doença, é mais prático carregarmos os medicamentos a que estamos acostumados do que termos de comprar novos, principalmente pelas dificuldades lingüísticas e pela necessidade de prescrição médica da maioria dos remédios no exterior.

Além disto, não esqueça os medicamentos de uso pessoal, como anti concepcionais, remédios para diabetes, colesterol entre outros, pois sua aquisição no exterior dependerá de prévia consulta médica, que normalmente não será reembolsada pelo seguro saúde. Leve sempre os medicamentos em suas embalagens originais no caso de necessitar comprá-los no exterior isto pode ajudar, e sempre leve uma receita médica com você no caso de ser uma droga controlada.

Roupas

O tipo de roupas a serem levadas varia de acordo com a viagem e a época do ano, mas em geral, busque levar roupas confortáveis e calçados já “amaciados”. Existem páginas como a www.weather.com ou www.canaldotempo.com onde você poderá verificar as condições do tempo para um período de 10 dias e adequar sua bagagem de acordo com as previsões metereológicas.

Para facilitar na hora de preparar sua mala, montamos um pequeno guia (masculino / feminino) para ajudar-lhe a preparar sua mala. Outro cuidado que devemos adotar quanto às roupas e calçados é com a diferença de numeração que variam entre o Brasil, a América do Norte e a Europa. Para isto elaboramos uma tabela de tamanhos entre as diversas numerações.

Fusos Horários

O Canadá tem 6 fusos horários, devido à sua Grande extensão territorial. Porém, devido à praticidade e conveniência, as fronteiras horárias foram alteradas, de forma que apenas 4:30 horas separam uma Costa da outra. Portanto, quando estiver fazendo conexões aéreas fique atento com as mudanças de horário para não perder o vôo.

As empresas aéreas, buscando minimizar os problemas causados pela diferença entre os fusos horários, sempre atualizam os horários de acordo com as cidades de chegada e de saída. Desta forma, ao sair às 21:00 horas de São Paulo, você chegará em Vancouver às 09:55 horas da manhã no horário local.

Telefonemas

Existem diversas formas de se telefonar do exterior para o Brasil, sendo que a mais cara é a através dos telefones existentes nos quartos de hotéis. A mais prática forma de se ligar do exterior para o Brasil é através do Brasil Direto via a Embratel. Separamos os números do Brasil Direto para sua comodidade. (Clique Aqui) (inserir link para página sendo efetuada).

No entanto, atualmente a forma mais econômica de se ligar é através de cartões telefônicos especiais para chamadas de longa distância. Estes cartões podem ser adquiridos em qualquer banca de jornal ou loja de souvenir, variando sua forma de utilização e taxas de país para país.

No Canada existem dois tipos destes cartões, o 1º é para chamadas de curta duração, quando o valor do minuto é um pouco mais caro, mas não existe nenhuma taxa de conexão. O 2º cartão é para chamadas de longa duração, neste caso o valor do minuto é muito barato, mas existe uma taxa de conexão bastante alta. Neste segundo tipo de cartão, é possível falar até 2 horas com apenas 5 dólares canadenses (uma chamada única).

Líquidos nas bagagens de mão

De acordo com as novas regras, o passageiro não poderá transportar líquidos em frascos com capacidade superior a 100 mililitros. Todos os frascos devem ser acondicionados em uma embalagem transparente, completamente vedada, com capacidade máxima de um litro ou 20 x 20 centímetros. Os líquidos conduzidos em frascos maiores do que o permitido não serão aceitos, mesmo que estejam parcialmente cheios.

Tanto os frascos quanto a alimentação a ser consumida por bebês durante o vôo deverão ser apresentadas na inspeção do embarque, separadas da bagagem de mão. Além disso, será imprescindível o porte de prescrição médica ao usuário que necessitar consumir medicamento durante o vôo.

A compra de bebidas ou perfumes nos aeroportos está liberada desde que as lojas (free-shops) estejam localizadas depois do ponto de inspeção. No entanto, os recipientes devem permanecer lacrados da decolagem ao pouso da aeronave, com recibo de compra à mostra.

Receba nossas novidades e promoções